14 de August de 2023

Um ideal que se perpetua de geração a geração!

Pais e filhos protagonizam esse texto, em que se buscou demonstrar a força de um sublime ideal

Gustavo e Cláudio; Paulo Angelo, filho e pai: gerações compartilhando experiências!

A profunda relação de mestre e discípulo é algo que transcende a mera lógica reducionista. Isso porque envolve mais do que sentimento de afeto e admiração, é mais como uma energia cultivada por: gratidão, respeito e paixão por um sublime ideal. No budismo há o conceito de Unicidade de Mestre e Discípulo, ou Shitei Funi em japonês; relação que se estabelece quando o mentor e seu aprendiz se tornam unos em seus objetivos e juntos percorrem o caminho da sabedoria em prol do bem comum, ou a paz perene entre os povos. Na Soka Gakkai os mestres são aqueles que incentivam, orientam e se dedicam incansavelmente a promover o bem comum. Daisaku Ikeda é o mestre dessa geração por ser o líder que mantém-se totalmente focado na missão que escolheu: dedicar a vida à causa da paz. O dia desta publicação, 14 de agosto, marca o momento em que o jovem Daisaku Ikeda, de 19 anos, encontrou seu mestre Josei Toda, então com 47 anos.


Para ilustrar de forma prática este conceito, convidamos duas duplas de pai e filho para compartilharem como foi passado este princípio básico do budismo de geração a geração. Paulo Ângelo Bonfim Albino é filho de Paulo Ângelo Albino; Gustavo Alves Florêncio é filho de Cláudio Rosa Florêncio, todos os quatro são membros da BSGI e partilham de um sentimento comum: o sublime ideal de edificação de uma paz mundial real, por meio do budismo Nichiren da Soka Gakkai.


****


Paulo Ângelo, o pai, é um empresário carioca e vive em Magé, município do estado do Rio de Janeiro. Iniciou sua prática no budismo ainda criança, levado por sua mãe que foi quem introduziu o budismo na família, em 1969. Paulo conta que, durante muitos anos, sua casa sediou as reuniões e demais encontros da BSGI. Na histórica visita do presidente da SGI em 1993, Paulo participou de uma das atividades ocorridas no Centro Cultural do Rio de Janeiro e pode encontrar-se com Daisaku Ikeda. “Eu lembro da chegada dele e suas palavras iniciais: ‘fiquem tranquilos, papai chegou!’. Sua energia benevolente era imensa e inesquecível!”, contou. Tal encontro ficou profundamente gravado em sua mente, assim como suas palavras carregadas de afeto. Segue abaixo um dos ensinamentos de Daisaku Ikeda que lhe serve de guia diário:


Não há força que supere a força da oração. Mesmo diante das piores tempestades do destino, orem firme determinando: chegou a hora! Agora é o momento de transformar o veneno em remédio”. Tudo está incluso no Nam-myoho-renge-kyo[i].


Paulo Ângelo, o filho, é advogado e nunca se encontrou pessoalmente com Daisaku Ikeda, mas o sentimento de mestre e discípulo existe forte em seu coração, muito devido ao pai que lhe passou e legou esse sentimento. “Lembro que numa ocasião em que estive no CCCamp pudemos realizar a oração budista no Casarão onde o dr. Ikeda se hospedou durante o tempo em que esteve no Brasil. Pude sentir forte o significado das palavras que vêm impulsionando minha vida e que constam da mensagem enviada ao grupo da BSGI que faço parte, o Brasil Ikeda Myo-on Kai [equipe de sonoplastia]”. Abaixo um trecho da mensagem para este grupo redigida especialmente por Daisaku Ikeda:


Nos escritos sagrados consta que “uma espada forjada não derrete em meio ao fogo”. Um jovem forjado é capaz de cultivar a si mesmo, como uma poderosa espada. Eu fui treinado na Universidade Toda[ii] e são vocês que me sucederão honrosamente.


*****


Cláudio é segurança de uma escola particular e vive na zona sul da capital paulista e esteve presente ao CCCamp quando da visita de Daisaku Ikeda ao Brasil em 1993. Ele estava na equipe de apoio logístico denominado Sokahan. “Eu o encontrei duas vezes: na primeira, ele passeava pelo local em um carrinho de golfe e acenou quando nos viu; a segunda foi numa reunião especialmente produzida para os membros dos grupos de apoio e de apresentações da BSGI. Pudemos orar o mantra budista com ele e ouvir suas orientações”, contou. A frase de Daisaku Ikeda que lhe serve de guia é:


Sempre que acontecer algo, recite Nam-myoho-renge-kyo, sua força é ilimitada, não há impasse que não possa ser superado por esta oração. Mesmo que uma situação pareça desesperadora, podemos transformá-la orando resolutamente.


Gustavo é designer gráfico e, assim como Paulo (filho), nunca se encontrou com Daisaku Ikeda. Participa da banda masculina de jovens da BSGI, a Taiyo Ongakutai e muito do que conhece e sente pelo Mestre Ikeda vem do que ouviu de seu pai. “Viver na mesma época do Mestre é um privilégio e uma responsabilidade”, contou.


Disse que mesmo distante fisicamente, sente-se bastante conectado aos ideais de Daisaku Ikeda. “Mas houve uma ocasião em que me senti muito mais próximo do Mestre. Participei do Festival dos Jovens em 2009 que foi transmitido simultaneamente ao Japão e, houve um momento de profunda comoção quando recebemos a ligação do secretário do Mestre que nos parabenizava pela realização daquele festival. Foi uma explosão de emoção que guardo comigo até hoje e que será perpetuada aos meus descendentes”, relatou emocionado. E a frase de seu mestre que o norteia para a vida é:


Enquanto viverem realizem algo. Quanto maior a opressão, inflamem ainda mais o espírito de luta e desbravem os caminhos. Essa é a essência da vida e a convicção de uma alma corajosa. Além do mais, aquele que se considera um ‘revolucionário’, ou conclama o ‘espírito da Gakkai’, deve ser um genuíno leão, cujo ‘único rugído é mais digno do que mil ovelhas’, esse foi o brado, testamento do presidente Makiguchi.


 






[i]. Nam deriva da palavra sânscrita namu, que significa “devotar a vida”. Myoho significa a Lei Mística – a verdade ou princípio subjacente que governa o funcionamento misterioso do universo e da nossa vida momento a momento. Renge significa flor de lótus e kyo  significa sutra. Por meio da recitação desse mantra a pessoa evoca sua natureza de buda e desperta para seu imenso potencial de transformar toda a sua vida. Este é um resumo simplificado, para um conteúdo mais aprofundado acesse: http://www.bsgi.org.br/noticia/oracao-e-devocao-20161110/#:~:text=Entoar%20o%20Nam%2Dmyoho%2Drenge,f%C3%A9%20em%20seu%20ilimitado%20potencial.




[ii] Universidade Toda é como Daisaku Ikeda chamava o treinamento recebido pelo segundo presidente da Soka Gakkai, Josei Toda, seu mestre da vida.



Voltar para o topo

Outras notícias

January de 2024

December de 2023

November de 2023

October de 2023

September de 2023

Mais notícias

Notícias + lidas

Sede Central da BSGI
Rua Tamandaré, 1007
Liberdade - São Paulo - SP
Brasil
CEP: 01525-001
Telefone
+55 11 3274-1800

Informações
informacoes@bsgi.org.br

Relações Públicas
rp@bsgi.org.br
Informações Gerais
Contatos
Redes Sociais
Facebook
YouTube
Instagram
Twitter
Sites Relacionados
Soka Gakkai Internacional
Daisaku Ikeda
Josei Toda
Tsunesaburo Makiguchi
Cultura de Paz
Editora Brasil Seikyo
CEPEAM
SGI Quarterly
Escola Soka do Brasil
Extranet BSGI