16 de Março de 2017

Segundo Encontro das Jovens Águias

Universitários da BSGI realizam o segundo ENJA com transmissão simultânea para 20 locais do país

Univesritários brasileiros que estudamno Japão

Silvana Vicente: liderança e determinação

Karen Kumagai e Leandro Anzai: atuais líderes do Núcleo Universitário

Sons do humanismo: Bandas Nova Era e Taiyo

A juventude é a época do florescimento dos seres, quando as ideias e ideais se fundem de forma a produzir grandes realizações. Não foi por acaso que o segundo presidente da Soka Gakkai, Josei Toda bradou um dia: o que move a nova era é a força e a paixão dos jovens! E o Núcleo Universitário da BSGI é a elite de sua força jovem. No dia 5 de fevereiro, cerca de 320 jovens de todo o estado de São Paulo participaram do 2º ENJA – Encontro das Jovens Águias – e outros 600 espalhados pelo Brasil assistiram à transmissão ao vivo deste evento.


O encontro foi aberto com um diálogo entre três estudantes brasileiros que vivem no Japão. Duas foram alunas do Colégio Soka do Brasil, Estela Shiratori e Yukari Hirano e estão cursando Artes Liberais na Universidade Soka. O terceiro é Makoto Saito que conquistou uma bolsa de estudos pela província de Yamagato. O trio contou um pouco de suas vidas, seus desafios e o ideal de tornar-se um valor para o Brasil.


Contextualizando o evento, dois grandes relatos de experiência marcaram o encontro com grande carga emocional. O jovem Peter de Oliveira Pires, do Rio de Janeiro, contou como sua vida foi transformada quando decidiu abraçar o ideal de construir uma sociedade mais humanizada e igualitária a partir da vivência nas atividades da BSGI.


Outro jovem, Victor Mendonça, de Minas Gerais, proferiu seu relato. Munido de uma coragem sem limites, Victor revelou-se portador da Síndrome de Asperger e contou como é a vida de um autista. O nome técnico é Transtorno do Espetro Autista e trata-se de uma condição geral para um grupo de desordens complexas do desenvolvimento do cérebro, antes, durante ou logo após o nascimento. Esses distúrbios se caracterizam pela dificuldade na comunicação social, comportamentos repetitivos, dificuldade de aprendizagem na escola entre outros. Estes fatores podem levar à depressão e outras patologias relacionadas.


Porém, contrariando todos os prognósticos, aos 20 anos, Victor é um jovem universitário – cursa Jornalismo –, escritor e palestrante de sucesso. Tem dois livros publicados, produz o site Mundo Asperger, e recebeu da Câmara de Belo Horizonte a comenda máxima, outorgada somente a pessoas que reconhecidamente realizam ações relevantes em prol de um mundo melhor. “Sou o cidadão mais novo de minha cidade a receber esta honraria”, diz com humildade. Ele credita tudo isso ao fato de ter abraçado a filosofia humanística do budismo de Nichiren Daishonin da Soka Gakkai.


Especialmente convidada para o evento, a relações públicas da BSGI, Silvana Vicente, contou um pouco de sua vida quando era membro do Núcleo Universitário. Ainda menina-moça, estudante secundarista, teve a oportunidade de atuar nos bastidores durante a quarta visita do presidente da SGI, dr. Daisaku Ikeda, em 1993. Soube por tabela que seria fundado Núcleo dos Estudantes Universitários do Brasil e desejou ardentemente pertencer a esse seleto grupo.


“Eu crio a História. A História começa comigo”, tendo essa frase em mente, iniciou sua trajetória rumo à tão sonhada carreira universitária. Porém, foram precisos quatro anos para conseguir o ingresso. E foi durante os anos em que esteve na faculdade que ela forjou seu caráter e sua personalidade. Anos duros mas que serviram como base para a vida.
Fechando o evento, os dois líderes nacionais do Núcleo Universitário, Karen Kumagai e Leandro Anzai, proferiram suas palavras juntos, reafirmando a disposição e a decisão de fazer crescer o grupo e, junto com ele, expandir as ondas de paz e cultura Soka por toda a sociedade.


Arte da música gerando esperança


O evento contou também com apresentações musicais de três grupos jovens da BSGI. Primeiro, as bandas The Sun (composta por membros da banda Taiyo, masculina) e Harmonia (composta por membros da banda feminina, Nova Era), no meio da programação. A mescla especial destes dois grupos gerou um clima de grande comoção e união.
No final, a Camerata Ikeda (formada por integrantes da Orquestra Filarmônica da BSGI), interpretou duas composições em arranjos impressionantes. A primeira, um clássico da Soka Gakkai, “Ifu Doodo no Uta” (Canção do Imponente Avanço) e Livin' on a Prayer, do Bon Jovi.

Voltar para o topo

Outras notícias

Março de 2017

Fevereiro de 2017

Dezembro de 2016

Novembro de 2016

Setembro de 2016

Mais notícias

Notícias + lidas

Sede Central da BSGI
Rua Tamandaré, 1007
Liberdade - São Paulo - SP
Brasil
CEP: 01525-001
Telefone
+55 11 3274-1800

Informações
informacoes@bsgi.org.br

Relações Públicas
rp@bsgi.org.br
Informações Gerais
Contatos
Newsletter

Redes Sociais
Facebook
YouTube
Instagram
Twitter
Sites Relacionados
Soka Gakkai Internacional
Daisaku Ikeda
Josei Toda
Tsunesaburo Makiguchi
Cultura de Paz
Editora Brasil Seikyo
CEPEAM
SGI Quarterly
Escola Soka do Brasil
Extranet BSGI