02 de November de 2020

O humanismo Soka se expande!

“Na medida que a vida estende sua influência à circunvizinhança, o meio ambiente automaticamente muda de acordo com a condição de vida. Então o meio ambiente – que é o reflexo da vida dos seus habitantes – sempre adquire as características dos que nele existem (...)” (Fragmento do livro Vida, um enigma, uma jóia preciosa)

Pontes de amizade e a rede Humanista Soka estão disseminadas por todo o globo

O comportamento do ser humano reflete em seu meio. Quando iniciou suas viagens ao exterior para expandir o Humanismo Soka, Daisaku Ikeda determinou-se a ouvir, compreender e doar-se. Essa atitude foi o grande diferencial que refletiu na expansão dos ideais humanísticos Soka. Com destaque para a ação pessoal de dialogar com grandes líderes mundiais ao longo das décadas que se seguiram.


Um momento que exemplifica a frase que abre esse texto: em 1996, Ikeda se encontrou com o líder cubano Fidel Castro. Diferentemente do que sempre ocorria, Castro vestia um terno, em vez do tradicional uniforme militar que sempre o distinguiu. Diante da surpresa de seu interlocutor, o líder cubano exclamou: “não preciso de uniforme militar para me encontrar com um pacifista”. A história de vida, a atitude e as ideias de Ikeda, haviam estendido sua influência de forma sutil e natural.


A capacidade de Ikeda de agir como intermediário em tais situações é resultado da confiança que ele desenvolve meticulosamente naqueles com quem interage. Seus esforços para promover a cultura e a educação estão frequentemente na base dessas relações de confiança.


Quando Daisaku Ikeda se propôs a iniciar esses diálogos houve repercussões de todos os tipos no Japão. Vozes se levantaram para questionar o propósito desses encontros. Sua postura serena foi:


Pontes para uma paz indestrutível para a humanidade só podem ser construídas com a promoção das pessoas e o estabelecimento de laços fortes entre elas, seus corações e mentes. E esse processo é, por sua própria natureza, um esforço gradual e popular.


As “pontes” que se estabeleceram a partir dessa disposição de possibilitar o estabelecimento de “laços fortes” entre pessoas de diferentes e inusitados posicionamentos ideológicos são palpáveis; caminhos e trilhas literalmente abertos em meio a uma densa mata de conflito, confusão e desinformação.


Os esforços dialógicos de Daisaku Ikeda junto a figuras-chave da China, EUA, União Soviética durante a Guerra Fria é uma visão retrospectiva da história daquele momento delicado do mundo. E, em destaque, o papel articulador de Ikeda em contribuir para a normalização das relações sino-japonesas a partir da década de 1960 é agora ampla e unanimemente reconhecida.

Voltar para o topo

Outras notícias

November de 2020

October de 2020

September de 2020

Mais notícias

Notícias + lidas

Sede Central da BSGI
Rua Tamandaré, 1007
Liberdade - São Paulo - SP
Brasil
CEP: 01525-001
Telefone
+55 11 3274-1800

Informações
informacoes@bsgi.org.br

Relações Públicas
rp@bsgi.org.br
Informações Gerais
Contatos
Newsletter

Redes Sociais
Facebook
YouTube
Instagram
Twitter
Sites Relacionados
Soka Gakkai Internacional
Daisaku Ikeda
Josei Toda
Tsunesaburo Makiguchi
Cultura de Paz
Editora Brasil Seikyo
CEPEAM
SGI Quarterly
Escola Soka do Brasil
Extranet BSGI