12 de Maio de 2014

Notícias da SGI

O BSGI Newsletter inaugura nesta edição, a seção Internacional com as notícias mais relevantes da SGI de cada período

Cerimônia de lançamento do novo Centro Cultural da Malasia

Novo Centro Cultural da SGI-Malásia – No último dia 4 de abril foi realizada a cerimônia de fundação do terceiro Centro Cultural da SGI-Malásia que será construído em um terreno de 2,8 hectaresem Jalan Sultan Azlan Shah, Bayan Lepas. O edifício de três andares, cobrirá uma área total de 4,645.15 m2 e terá um salão mais de 300m2 para exposições, salão principal, sala multiuso, salas de eventos e cafeteria. O diretor-geral da SGI-Malásia, Koh Sia Feai, disse que desde a fundação da organização em seu país, em 1984, foram realizadas diversas atividades para fomentar o intercâmbio cultural e a educação humanista baseada na filosofia humanística do Budismo de Nitiren Daishonin. O país hoje conta com cerca de 50 mil associados. A construção do edifício deve levar cerca de 11 meses. "Este ano marca o 30 º aniversário da Soka Gakkai, na Malásia, e nosso plano é a construção de um novo centro cultural para as necessidades e atividades crescentes em Penang", enfatizou o diretor-geral Koh.


Atividades humanitárias – O núcleo de estudantes da SGI do Japão realizou em março um simpósio sobre as questões relacionadas aos terremotos de março de 2011 em Tohoku, região norte do país. O tsunami – onda gigantesca – e o acidente nuclear resultantes daquele desastre natural ocasionaram, além de perdas de vidas, impactos sociais e econômicos imensuráveis. Por meio de um dossiê realizado junto a alunos de 41 universidades e escolas profissionalizantes de Tohoku e 176 na região metropolitana de Tóquio, o núcleo estudantil traçou um importante panorama da situação sociológica atual. Os entrevistados responderam a questões sobre o processo de recuperação e de como sua visão de mundo alterou-se com o desastre. Realizada entre dezembro de 2013 e fevereiro de 2014, o levantamento é o terceiro produzido pelo núcleo. O professor Toshiaki Muramoto do Instituto Internacional de Pesquisa de Desastres da Universidade de Tohoku foi quem ajudou o grupo a idealizar a pesquisa. “Esse levantamento fornece uma visão fundamental da alteração dos níveis de consciência desde o 11 de março de 2011 entre a população estudantil do Japão. Trata-se de uma iniciativa que pode por fim à ignorância geral sobre o assunto e modificar sensivelmente a maneira como a população lida com essas questões”, enfatizou o docente.


 Disseminando a paz – Como parte da campanha de paz sob a liderança do núcleo de jovens da SGI do Japão, líderes deste grupo realizaram intercâmbio com a SGI-EUA, em março. Os jovens representantes japoneses reuniram-se com ativistas-chave e estudiosos comprometidos com a paz e a abolição das armas nucleares. Três encontros foram realizados em Centros Culturais da SGI-EUA: em 19 de março em Nova York, com a participação de 950 pessoas; em 20 de março em Atlanta, Geórgia, que reuniu 300 participantes; e, em 22 de março no Auditório para a Paz Mundial em Santa Mônica, Califórnia, com a presença de cerca de 900 jovens. Em todos os locais, o líderes japoneses apresentaram propostas práticas formuladas pela SGI para a obtenção da tão almejada paz. Além desses encontros com jovens associados da SGI-EUA, os líderes japoneses reuniram-se com ativistas e organizações promotoras da paz e dos direitos humanos. Em Nova York, a comitiva encontrou-se com representantes da divisão das Nações Unidas para Assuntos de Desarmamento e, em também visitaram o Memorial em homenagem às vítimas do 11 de Setembro. Nesse dia, tiveram a oportunidade de dialogar com o ex-embaixador e subsecretário geral da ONU, Anwarul K. Chowdhury. Na Geórgia, a delegação dialogou com o ativista dos direitos humanos, Vincent G. Harding e sua esposa Aljosie. O casal discorreu sobre assuntos como a paz, a amizade, o poder da juventude e das mulheres para a promoção de mudanças efetivas. E, finalmente, na Califórnia, os jovens japoneses encontraram-se com David Krieger, líder de um movimento global para a abolição das armas nucleares com o propósito de construir um mundo mais pacífico.


Prêmio – Em reconhecimento à contribuição para a paz, o presidente da SGI, dr. Daisaku Ikeda, foi agraciado com o prêmio Embaixador Global para a Diversidade Cultural e Educacional, pela Universidade Morehouse, em 3 de abril. Presentes à solenidade, o reitor da instituição, prof.dr. Lawrence Edward Carter: Arun Gandhi, neto de Mahatma Gandhi: e Martin Luther King Jr., filho mais velho do célebre ativista dos direitos humanos Martin Luther King. O vice-presidente da SGI, Shigeo Hasegawa, recebeu a honraria em nome do homenageado.


Exposição Sementes da Esperança no Chile – Em março, a cidade de La Serena, no Chile, recebeu a exposição Sementes da Esperança: visões de sustentabilidade, passos rumo às mudanças, uma produção conjunto da SGI e da iniciativa Carta da Terra Internacional.


Homenagem – A cidade de Guarambaré, no Paraguai, outorgou a cidadania honorária ao presidente da SGI, dr. Daisaku Ikeda em reconhecimento às suas contribuições à paz por meio da promoção da cultura, educação e ações voltadas ao combate à violência. A cidade também apresentou um certificado de agradecimento pela mostra-documentário Sementes da Esperança: visões de sustentabilidade, passos rumo às mudanças, que foi exibida na Câmara Municipal de Guarambaré em março.

Voltar para o topo

Outras notícias

Agosto de 2016

Julho de 2016

Junho de 2016

Maio de 2016

Abril de 2016

Março de 2016

Mais notícias

Notícias + lidas

Sede Central da BSGI
Rua Tamandaré, 1007
Liberdade - São Paulo - SP
Brasil
CEP: 01525-001
Telefone
+55 11 3274-1800

Informações
informacoes@bsgi.org.br

Relações Públicas
rp@bsgi.org.br
Informações Gerais
Contatos
Newsletter

Redes Sociais
Facebook
YouTube
Instagram
Twitter
Sites Relacionados
Soka Gakkai Internacional
Daisaku Ikeda
Josei Toda
Tsunesaburo Makiguchi
Cultura de Paz
Editora Brasil Seikyo
CEPEAM
SGI Quarterly
Escola Soka do Brasil
Extranet BSGI