20 de January de 2023

A importância de se conectar

Cada forma de vida sustenta todas as outras, juntas elas tecem a grande teia da vida. Assim, realmente não há felicidade para si mesmo sozinho, nenhum sofrimento que aflige apenas os outros. Daisaku Ikeda

Momentos de conexão nas localidade (da esq. p/ dir): Florianópolis-SC, Indaiatuba-SP e Bangu-RJ

Estes últimos anos a resiliência individual foi, sem dúvida, posta à prova. Os desafios de manter distância física em prol do bem comum cobraram preço alto a todos. Sofrimento, luto coletivo, preocupações financeiras, medo constante pelo intangível, geraram angústia além do suportável. Mas sobrevivemos!!!!! Parabéns a tod@s, pessoas da mais alta capacidade de se reinventar e de se reerguer: os membros da Soka Gakkai.


Segundo o presidente da SGI, dr. Daisaku Ikeda:


Todos os fenômenos do universo existem dentro do contexto de relacionamentos de apoio mútuo, o que o budismo chama de “origem dependente”. Nesta visão, nada existe sem significado e nada é desperdiçado. Entrelaçando esses “fios” de interdependência, o universo gerou e alimentou a vida, inclusive a vida humana neste planeta.


Em dezembro último, centenas de Núcleos de Bairro de todo o Brasil, realizaram seus encontros mensais de forma presencial e o que se viu foi a grande festa do Humanismo Soka, repleta de amor, calor humano, felicidade e abraços. Pois, melhor que dar um abraço é recebe-lo. Trata-se da forma mais simples de liberar oxitocina, o hormônio do amor e da felicidade. Um simples abraço de, pelo menos 20 segundos, aumenta os sentimentos de conexão, confiança e alegria, auxiliando no combate à depressão, solidão e combate até o ódio.


Além disso, a oração/meditação realizada em grupo é comprovadamente um poderoso fortalecedor do lobo frontal, ou a parte do cérebro que ativa o sistema imunológico[i]. É ainda um adjuvante na saúde física e mental por estabilizar os níveis da pressão arterial. Pessoas espiritualizadas vivem em média, 25% a mais que os descrentes.


Recomendados pela Organização Mundial de Saúde (OMS), os procedimentos terapêuticos integrativos, complementares aos praticados pela terapia convencional, possibilitam a superação do modelo puramente medicalizador para a visão holística do ser humano.


Três exemplos


Em Indaiatuba, cidade distante 100 quilômetros da capital paulista, um dos Núcleos de Bairro, optou por realizar o último encontro mensal do ano de 2022 de forma presencial. Durante da cerimônia do Gongyo[ii], houve uma comoção coletiva. Perguntados sobre aquele momento catértico, todos foram unânimes em afirmar: “senti uma energia pulsante surgindo em mim e foi impossível não me emocionar!”. A energia que circulou entre os participantes foi quase palpável.


O pessoal de Bangu, na zona oeste da capital Rio de Janeiro, promoveu um grande encontro par celebrar o final do ano. “Todos estavam ansiosos para este retorno, e essa atividade foi planejada com muito carinho. Apesar de um ano com grandes desafios, o sentimento era de reconexão”, contou uma jovem líder local. A manhã do evento foi recheada de relatos pessoais de vitórias e de decisões. A alegria era palpável, um sentimento de renovação para que se mantivessem unidos ainda mais para o ano que se iniciaria em algumas semanas. “Percebemos com muita clareza que a determinação pela paz do Mestre Ikeda é tão forte que nada apaga. Que a força da Soka Gakkai é grandiosa, mesmo com essa grande maldade que é a pandemia, estamos mais firmes e dispostos, prontos para vivenciar o Ano dos Jovens e do Triunfo”, concluiu.


O terceiro encontro, dessa vez em Florianópolis, capital do estado se Santa Catarina, as pessoas se perceberam mais do que próximas, irmãs em sentimento e fé. Pode parecer algo banal, mas o significado dessa compreensão transcende a compreensão racional. Esses duros anos de isolamento social devido a pandemia amplificou o desejo inconsciente por conexão e contato vida-a-vida. “Nos sentimos próximos!”, disseram os participantes. Simples assim.


O fato é que os encontros mensais da filosofia humanística do budismo Nichiren sempre foram pródigas em calor humano e fé. O que vem ocorrendo nesse momento em que as reuniões presenciais voltaram ao presencial é que cada pessoa, inconscientemente, percebe o quanto aquela “banalidade” era necessária e essencial para sua existência plena.


Ao longo do tempo – semanas que se tornaram meses; meses que se arrastaram por anos – as pessoas foram recrudescendo seus sentimentos, em nome da sobrevivência. Muitos não suportaram o frio contato imposto pelas reuniões online e se afastaram. Os que perseveraram e se reconectaram nesses encontros presenciais de dezembro, tiveram a catártica experiência de se perceberem unos com cada companheiro, membros da mesma família HUMANA e essenciais para a plena existência coletiva.


Cada abraço dado ou recebido foi um presente e uma recompensa aos que sobreviveram e perseveraram. A sensação de incontida euforia ao realizarem a oração coletiva, reverberou profundamente em cada indivíduo, ressoando em suas mentes o completo sentimento acalentador de HUMANIDADE!


 






[i] https://www.revistavidaesaude.com.br/estudo-afirma-que-oracao-influencia-na-saude/




[ii]gongyo consite na recitação do 2º capítulo, “Meios Apropriados” (Hoben), e do 16º capítulo, “A Extensão da Vida” (Juryo), do Sutra do Lótus. Gon de gongyo significa exercitar-se “assiduamente”, enquanto gyo é “cumprir”. Sendo assim, gongyo significa “prática assídua”, a ser realizada diariamente. Para acessar a íntegra do texto: http://www.seikyopost.com.br/budismo/8-explicacoes-sobre-a-energizante-pratica-do-gongyo



Voltar para o topo

Outras notícias

January de 2023

December de 2022

November de 2022

October de 2022

September de 2022

August de 2022

Mais notícias

Notícias + lidas

Sede Central da BSGI
Rua Tamandaré, 1007
Liberdade - São Paulo - SP
Brasil
CEP: 01525-001
Telefone
+55 11 3274-1800

Informações
informacoes@bsgi.org.br

Relações Públicas
rp@bsgi.org.br
Informações Gerais
Contatos
Redes Sociais
Facebook
YouTube
Instagram
Twitter
Sites Relacionados
Soka Gakkai Internacional
Daisaku Ikeda
Josei Toda
Tsunesaburo Makiguchi
Cultura de Paz
Editora Brasil Seikyo
CEPEAM
SGI Quarterly
Escola Soka do Brasil
Extranet BSGI